Atendimento:  Seg‑Sex  09:00‑17:00   Sáb‑Dom 10:00‑15:00
WhatsApp:  (11) 9 6633-5500

Wireless Roteador

PC Suporte > Wireless Roteador

Como o Wi-Fi funciona?

As redes Wi-Fi funcionam graças às ondas de rádio. A transmissão do sinal de internet se dá através de um adaptador, que conhecemos como “roteador”.

O roteador possui a capacidade de interceptar os sinais, decodificar e assim emiti-los através de uma antena.

Para que o aparelho eletrônico (seja notebook, tablet, computador, entre outros) possa capturar esses sinais e ter acesso à internet, é preciso que ele esteja dentro de um determinado alcance, que é chamado de “hotspot”.

O raio de abrangência da internet é bastante variável, de acordo com o roteador e a antena. Em locais abertos pode variar até 300 metros, e nos fechados pode se estender até 300 metros.

O que é o nome da rede Wi-Fi (SSID)?

O nome da rede Wi-Fi (SSID) é o nome que o seu roteador de rede wireless difunde (como uma estação de rádio). Ele permite que você diferencie o seu roteador de rede wireless dos roteadores de seus vizinhos.

O SSID fornecido originalmente com o seu roteador de rede wireless precisa ser alterado durante a configuração inicial. O nome precisa ter de 1 a 32 caracteres e diferencia maiúsculas de minúsculas. Ao selecionar a rede em um computador você deverá identificar ela através do SSID escolhido. Ele não deve conter seu endereço, nome ou qualquer outra informação que possa identificá-lo.

Chave de segurança (de rede) Wi-Fi?

Uma chave de segurança (de rede) Wi-Fi é muito semelhante a uma chave de casa – ela impede que pessoas desconhecidas acessem sua rede wireless. Veja abaixo uma lista com os três tipos de segurança wireless oferecidos para usuários domésticos e de empresas de pequeno porte, assim como o nível de segurança fornecido em comparação com outros tipos.

Wired Equivalent Privacy (WEP)
Nível de segurança – Baixo

O WEP é um dos primeiros tipos de segurança. Todos os roteadores de rede wireless doméstica suportam o método WEP, inclusive os modelos mais recentes, pois assim se tornam compatíveis com todos os adaptadores de rede wireless. Embora seja melhor utilizar o WEP do que não utilizar nenhum método de segurança, a chave de rede usada para criptografar os dados wireless pode ser violada em poucos minutos.

Wi-Fi Protected Access (WPA)
Nível de segurança – Médio

O WPA foi desenvolvido para solucionar as falhas de segurança do WEP. Ele utiliza vários mecanismos para evitar que a chave de rede seja violada, mas ainda usa o mesmo método de criptografia do WEP

Wi-Fi Protected Access 2 (WPA2)
Nível mais alto de proteção

O WPA2 foi implementado como o nível mais alto de segurança para ambientes domésticos e de pequenas empresas. Ele contém os mecanismos usados pelo WPA, mas utiliza um método de criptografia mais seguro.

Nota: Após criar a chave de segurança, anote-a e guarde em um local seguro.

Tipos de Conexão

Padrão de redes Wi-Fi

A (IEEE 802.11ª):
Esse é o tipo de Wi-Fi mais utilizado por empresas com grande tráfego de informações. A maior vantagem desse tipo é a alta velocidade e também a ausência de interferências.  Este tipo de padrão é para frequência 5 GHz com capacidade teórica de 54 Mbps. O único contra que podemos citar nessa rede de Wi-Fi é o seu alcance, que não consegue ser muito grande.

B (IEEE 802.11B):
Esse é o padrão de internet mais utilizado no meio residencial, ou seja, nas casas dos brasileiros. É também encontrado nas pequenas empresas. A principal vantagem aqui é realmente o seu alcance. Por outro lado, o contra se concentra na sua velocidade, que geralmente é inferior quando comprada às outras. É um padrão de Wi-Fi para frequência 2,4 GHz, com capacidade teórica de 11 Mbps.

G (IEEE 802.11G):
Esse padrão se assemelha ao B, mas se levarmos em consideração a velocidade, o tipo G é muito melhor. Assim como o padrão B, é muito usado em residências e pequenas empresas, porém, tem como desvantagem o alcance, que tende a ser menor. Esse padrão G é para frequência 2,4 GHz, com capacidade teórica de 54 Mbps.

N (IEEE 802.11N):
Este é um padrão mais recente. Poucos equipamentos costumam fazer uso dessa tecnologia, mas já se sabe que a tendência é aumentar. Grandes marcas de computadores e celulares já possuem aparelhos com esse tipo de padrão Wi-Fi. A rede é para frequência 2,4 GHz e/ou 5 GHz, e com capacidade teórica de 65 a 600 Mbps.

Etapas do Processo

  • Abertura da Ordem de Serviço.
  • Agendamento do Suporte.
  • Verificação de Suporte Remoto ou Presencial.
  • Aprovação do Serviço a ser executado.
  • Conclusão do serviço, avaliação do técnico.

number-1

Cobertura Wi-Fi

Realizamos um mapeamento de desempenho e verificamos se o roteador está cobrindo a área corretamente.

number-2

Análise de Segurança

Localizamos pontos de acesso não autorizados, verificação de segurança, SSIDs de não difusão e a intensidade do sinal Wi-Fi.

number-3

Solução de Problemas

Situações como interferência sem fio e conectividade, fontes de ruídos excessivo, solução de configuração a quedas de sinal.

Os problemas que mais vezes atingem as redes sem fios estão relacionados com a força do sinal que podemos encontrar em determinados locais e a velocidades que podemos obter. Esta qualidade e velocidade estão diretamente relacionados entre si e podem, em determinados locais, mostrar que uma rede tem perdas de qualidade grandes.

Faça Orçamento On-Line Agora